Rotina italiana

27.08.2017

Sono svegliata presto, não acendi a luz porque fazia muito frio e não queria acreditar que era hora de levantar, o outono por aqui chegou com tudo. Ainda meio dormente, peguei a minha bola de pilates e alonguei tudo que tinha direito, depois de criar um pouco mais de coragem ho acceso la luce.

 

Fui na cozinha, ninguém por lá, coloquei minha água pra esquentar enquanto me arrumava pra ir ao curso de italiano. De manhã não sou a melhor pessoa pra escolher roupa, essas coisas eu devo fazer um dia antes, ou saio igual a uma palhaça e só vou me dar conta no meio da manhã quando já estou acordada de verdade. Demoro um pouco mais chego a uma decisão: vestido de manga comprida, com meia calça e sapatilha e por cima o casacão. Na bolsa o guarda chuva e a capa de chuva (sim, em Roma não tem como se proteger da chuva só com o guarda-chuva nessa época do ano, minhas sapatilhas e barras de calça jeans que o digam…).

 

Prendo il mio tè verde senza zucchero e dopo i biscotti italiani che sono molto buoni!

Esco di casa, e vado via…

 

Se não chego no ponto de ônibus as 8h30 só vou pegar o proximo sabe-se lá quando! Uma curiosidade, achava que Roma era uma cidade um pouco mais organizada e corretinha por ser da União Europeia, mas não è vero! Isso aqui é uma bagunça, o caos é graça disso aqui, penso que por isso os italianos são tão parecidos com a gente no Brasil. O ônibus por aqui atrasa e não tem hora pra chegar!

 

Entro no ônibus e um violinista disputa espaço comigo… peculiar.

 

Chegando na escola, corro pra minha sala e faço o competi di casa, sempre dá tempo!

Na hora do intervalo, dou uma descidinha rápida pra prendere un caffè na Cafeteria Sant Eustachio a mais famosa de Roma e de fato vale o título, muito gostoso... e por ser de manhã peço um cappucino que só se deve ser pedido pela mattina. SEMPRE.

 

 

 



 

Retorno para o segundo round de aula e já é hora do almoço, aqui no centro da cidade antiga e por ser vicino ao Pantheon é uma área muito turística, então tenho que tomar cuidado na hora de escolher um restaurante porque non mi piace os que são turísticos que além de caros muitas vezes tem receitas baratas, ou seja não vale o que se paga.

No começo eu ia muito em pizzerias a peso, nas quais vc escolher qual pizza vc quer e o barista corta com uma tesourinha e pesa a fatia de pizza que vc pediu. Ou ia nos restaurantes de 3 pratos mais uma taça de vinho, porém fui descobrir que 10 euros para um almoço é caro, comida de turista. Os romanos no dia a dia, ou vão em casa almoçar com a família, ou vão ao mercado e fazem sua salada ou comem pizza/pasta num bar não ultrapassando o budget de 5 ou 6 Euros e depois, é claro, pedem um caffè. (por caffè entende-se caffè expreso).

 

 

 

Hoje em dia compro a minha salada na tenda de frutas e verduras 24h que fica na frente da minha casa, gasto 50 centavos e dura 3 dias. E vamos combinar que comer o pomodoro daqui com figos, pêssegos maravilhosos, morangos perfeitos, peras suculentas e mussarela misturada com alface não é tão mal assim, capricho no óleo trufado e na chia. O vendedor é um Egípcio que já disse que se eu pintasse o cabelo de vermelho e colocasse um piercing no nariz casaria comigo hahahahaha carino.

 

A tarde tenho mais uma rodada de aula e depois vou passear e ver o que a cidade tem a oferecer de novo, me enfio em ruelas e lojinhas. Como faço pra me locomover? Baixei um app que se chama Moovit e ele faz todo o trabalho pra mim. 

 

Chego em casa sempre em torno das 19h pra ajudar na cozinha com a mamma da casa e arrumar meu quarto porque sempre consigo deixar zoneado, uma vergonha mas fazer o que? Como disse eu não funciono de manhã...

 

Tomo meu banho de 5 minutos porque aqui a agua quente é raríssima mais ou menos assim: ligou o chuveiro, molhou o cabelo desligue pra passar o shampoo senão vc acaba com o condicionador no cabelo… e com água fria nas noites de outono , ninguém merece!

 

E é isso rotininha por aqui, a noite também tento ler um pouco de italiano porque depois de um dia inteiro escutando as vezes cansa um pouquinho porque o tempo todo eu tenho que ficar em alerta pra tentar entender ainda não vem naturalmente… esperando que essa fase acabe logo e que eu comece a sonhar com essa língua!

 

Baci!

 

 

 

Please reload

Visitando Corumbá na época do Festival América do Sul 2019

Conhecendo o Blue Note - Rio de janeiro

Evento de Harmonização no nosso Supermercado do Coração. Se inscreva!

1/11
Please reload

TALVEZ VOCÊ GOSTE...

Please reload

Arquivo

Categorias

Curta a página do blog!

Follow me on instagram! @eunomade

© 2016 Eu, Nômade - Todos os direitos reservados.